sábado, 31 de outubro de 2015

Bolachas Dentadura Halloween


Hoje é noite de Halloween. Halloween ou Dia das Bruxas é uma celebração popular de culto aos mortos e refere-se à noite sagrada de 31 de Outubro. Neste dia, decoram-se as casas com objectos e temas assustadores como por exemplo, fantasias de bruxas, abóboras e teias de aranha. No entanto, não é só na decoração da casa que o Halloween se manifesta, no mundo da gastronomia, também. Neste dia, é comum confeccionar-se algumas receitas alusivas ao tema - dedos de bruxa, múmias de salsicha, fantasmas, olhos assustadores, entre outras.

Nunca fui de comemorar este dia, só mesmo na escola quando andava a estudar, mas este ano torna-se diferente porque sou mãe. Para comemorar, as Bolachas Dentadura são a minha receita de hoje e procuram retratar os dentes de drácula. Não ficaram perfeitas mas assim ficam mais assustadoras. :)

Nota: Vou deixar a receita base pois fiz metade da receita e reduzi alguns ingredientes, nomeadamente, no açúcar e na manteiga. 

Ingredientes para 30 unid. aprox.
Bolachas
- 240 g de Manteiga
- 100 g de Açúcar
- 180 g de Açúcar Mascavado
- 2 Ovos
- 400 g de Farinha T65
- 1/2 c. chá de Bicarbonato de Sódio
- 150 g de Pepitas de Chocolate

Montagem
- 200 g de Açúcar
- 100 g de Manteiga
- 250 g de Queijo Mascarpone
- Corante Alimentar q.b.
- Marshmallows brancos q.b. para decorar cortado em pedaços pequenos
- Amêndoa em palitos q.b. para decorar (não usei)


Preparação:
Bolachas
1. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal ou usar tapete de silicone

2. Manteigas + Açúcar - 5 Min/Vel.4

3. De seguida misturar 20 Seg/Vel.4 e adicionar os ovos, um a um através do bocal da tampa

4. Farinha + Bicarbonato de Sódio - 30 Seg/Vel.6

5. Adicionar as pepitas e envolver com a espátula. Com a ajuda de uma colher de gelado formar bolas, colocar sobre o tabuleiro e levar ao forno cerca de 15 minutos. Retirar e deixar arrefecer sobre uma rede.


Montagem
1. Copo limpo - Açúcar - 10 Seg/Vel.10

2. Manteiga - 30 Seg/Vel.4

3. Inserir a borboleta. Adicionar o queijo - 2 min 30 seg/Vel.4

4. Corante - 5 Seg/Vel.4 Retirar e reservar no frigorífico cerca de 20 minutos

5. Cortar as bolachas a meio, barrar as bolachas com o creme, dispor sobre metade das bolachas os marshmallows em forma de dentadura, sobrepor com a outra metade e finalizar com dois palitos de amêndoa (não fiz).

6 Levar ao frigorífico até ao momento de servir


Doçura ou travessura??

Saudações monstruosas!!!

Happy Halloween!!!  :)

Nota: Deixo, a título de curiosidade, um link com decorações giras para este dia - Decoração de Halloween

















sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Bolo de Laranja sem Glúten


Um sabor que goste tanto - Laranja. Este bolo é muito prático de se fazer porque leva a laranja inteira, ou seja, não precisam de descascá-la. 

A receita de hoje é adequada às pessoas intolerantes ao glúten, pois os seus ingredientes são isentos desta proteína. 
Glúten é uma proteína que se encontra em diversos cereais, tais como, o trigo, o centeio e a cevada. Para quem tem intolerância a esta proteína (ex: doentes celíacos), a ingestão de alimentos que a contenham provoca sintomas como diarreia, dor e inchaço abdominal, pois não a conseguem digerir bem.

Assim , hoje adiciono uma etiqueta nova ao meu blog - Sem Glúten, pois há cada vez mais pessoas com esta intolerância. Na minha opinião, torna-se muito importante partilhar, também, receitas que se adequam a elas, porque nem sempre é fácil de encontrar e confeccionar refeições sem glúten. 

Espero que gostem, bom apetite e bom fim-de-semana!!!


Ingredientes:
- 130 g de Açúcar
- 3 Ovos
- 1 Laranja com casca
- 90 g de Manteiga
- 1 Iogurte Natural
- 1 c. chá de Fermento para Bolos
- 1 pitada de Sal
- 200 g de Farinha de Milho


Preparação:
1. Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar com papel vegetal uma forma (22 cm de diâmetro aprox.)

2. Açúcar - 15 Seg/Vel.9. Retirar uma colher de sopa e reservar

3. Ovos + Laranja - 15 Seg/Vel.9. Aquecer 1 Min/37ºC/Vel.2

4. Manteiga + Iogurte + Fermento + Sal + Farinha - 10 Seg/Vel.4

5. Colocar o preparado na forma e levar ao forno cerca de 30 minutos.

6. Servir polvilhado com o açúcar em pó reservado.










quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Dicas de Preparação e Conservação da Comida para Bebés


Bom dia!!!!

Hoje vou falar um pouco sobre os cuidados que tenho na preparação e na conservação da comida do meu filho. Sabemos que, para oferecermos uma alimentação saudável, temos que ter  certos cuidados com a preparação e confecção dos alimentos para não os contaminarmos. Nada vale dar comida, por exemplo, biológica se depois a contaminamos com bactérias no momento da sua confecção. Assim, passo a enumerar os principais cuidados que tenho, espero que vos seja útil a informação.



1- Devem lavar muito bem as mãos antes de começarmos a preparar os alimentos; 

2- Os utensílios que vamos utilizar devem, de igual modo, estarem bem limpos; 

3- A Bimby é uma grande ajuda na preparação da comida para os bebés. Pois faz-se tudo nela. Ela coze e tritura sem necessitar de mais utensílios. E no fim, nem se quer precisamos de concha para separar a sopa em doses, minimizando ainda mais o risco de contaminação. A sopa vai directamente do copo para os frascos de conservação. 

4- A faca e tábua de cozinha que usamos para a carne e o peixe devem ser diferentes, para não haver deste modo, contaminação cruzada;

5- Devem cozinhar muito bem os alimentos. Por norma ponho sempre mais alguns minutinhos do que o pedido na receita; 

6- A sopa deve ser separada em doses logo após a sua confecção. Torna-se mais prático, e assim reduz-se o risco de contaminação por abrirmos e fecharmos a caixa hermética constantemente; 

7- Devemos fazer sopa todos os dias. Mas, por norma e por motivos práticos, pois trabalho, faço sopa para 2 -3 dias. Conserva-se muito bem no frigorífico. Após terminar a confecção da sopa, coloco-a logo nos recipientes esterilizados e guardo-os no frigorífico. Assim, evita-se perder as propriedades nutritivas. Deste modo, tem-se é um gasto energético maior por parte do frigorífico; 

8- É raro congelar sopa. No entanto, já aconteceu. Em vez de a colocarem no frigorífico, coloquem-na logo no congelador. Ter em atenção, em não encher demasiado os frascos de conservação, pois a comida expande e pode abrir as tampas; 

9- Para descongelar, devem coloca-la de um dia para o outro no frigorífico. Quando a aquecerem devem mexer muito bem para ficar o mais cremosa possível. No entanto, na minha opinião, a textura nunca fica igual à sopa que não é congelada;

10- Os recipientes que uso para a conservação são os copos da Avent próprios para o efeito (ver fotografias). Ter em atenção que existem uns apenas para conservação de leite materno. Gosto muito dos frascos, são práticos e de fácil arrumação, pois são empilháveis. 

11- Para aquecer a sopa utilizo um aquecedor de biberão que, também, possui essa funcionalidade. Aqueço bem, mexo bem e acrescendo um pouquinho de azeite. É raro usar o micro-ondas, devido aos malefícios que este acarreta. Só mesmo se for o único meio disponível na altura, como por exemplo, quando vamos comer fora. 

12- Provem sempre a sopinha antes de darem aos vossos bebes pois pode estar muito quente ou estragada. 

13- Por último, mas não menos importante, devem transportar os recipientes de conservação numa arca congeladora com acumuladores de frio, ou se for por pouco tempo, numa lancheira térmica, também, com acumulador de frio.


Bem, assim termino hoje a minha mensagem para vocês. O objectivo foi partilhar com vocês os principais cuidados que tenho na preparação e conservação da alimentação dos bebés para que possam tirar algumas ideias e assim por em prática em vossa casa, praticando deste modo, uma alimentação mais segura e saudável.


Até à próxima!!! :)


Copos de Armazenamento



Copos de Armazenamento -  10 copos de 180 ml e 10 copos de 240 ml

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Solha com Maçã e Pimenta Rosa


Gosto muito de peixe, por vezes até, preferi-o à carne. E, um dos peixes que experimentei recentemente foi a solha.
A solha pertence à categoria dos peixes achatados, tal como o linguado e a raia. Possui uma carne branca e saborosa e pode ser cozinhada de muitas formas: frita, grelhada, cozida, ...
A receita de hoje traduz uma maneira diferente e rápida de preparar este tipo de peixe. Experimentem esta receita e descubram como o creme fraîche, a maça e a pimenta-rosa oferecem a este prato um toque diferente e sabores contrastantes. Advirto que a pimenta rosa dá um sabor acentuado a esta receita, por isso não é adequada às crianças. Contudo, se pretenderem oferecer este prato a uma criança podem e devem reduzir este ingrediente, ou mesmo, retirar da receita.

Bom apetite.....

Ingredientes para 2 Doses:
- 300 g de Água
- 1 c. chá de Caldo de Peixe caseiro ou 1 cubo de Caldo de Peixe
- 1 c. chá de Pimenta Rosa, mais q.b. para polvilhar
- 800 g de Solhas (4 unid. aprox.)
- 1 c. chá de Sal
- 100 g de Crème Fraîche
- 1 c chá de Amido de Milho
- 400 g de Maçã Granny Smith (usei Golden) cortada em fatias finas
- Salsa picada q.b. para guarnecer


Preparação:
1. Colocar na Varoma as solhas e temperar com o sal e 1/2 c. chá de pimenta rosa

2.  Água + Caldo de Peixe + 1/2 c. chá de Pimenta Rosa + Varoma- 12 min/Varoma/Vel. 1

3. Retirar a Varoma e reservar

4. Adicionar o Crème Fraîche e o Amido de Milho - 5 min/90º/Vel. 2

5. Adicionar a maçã - 2 min/90º/Inversa/Vel. Colher

6. Servir a Solha com a maçã, polvilhada com a pimenta e a salsa.






terça-feira, 27 de outubro de 2015

Strogonoff de Peru com Molho de Café


Cá por casa somos apreciadores de strogonoff, quer seja, de peru, frango ou porco. Juntando um sabor que também gostamos - o café, ainda mais saboroso e apetitoso fica. Adorámos esta receita e certamente será para repetir. 

Experimentem..... 

Ingredientes para 4 doses:
- 30 g de Azeite
- 150 g de Cebola cortada aos pedaços
- 2 dentes de Alho
- 500 g de Bifes de Peru cortado em tiras finas
- 50 g de Vinho Branco
- 10 g de Mostarda
- 1 c. chá de Sal
- Pimenta q.b.
- 1 c. sopa de Cebolinho picado, mais q.b. para guarnecer
- 200 g de Cogumelos laminados
- 200 g de Natas (substituí por leite evaporado)
- 5 g de Café Solúvel


Preparação:
1. Azeite + Cebola + Alho - 5 Seg/Vel.5

               5 Min/Varoma/Vel.1 (TM5 - 120º C)

2. Peru + Vinho + Mostarda + Sal + Pimenta + Cebolinho - 5 Min/Varoma/Inversa/Vel. Colher (TM5 - 120º C)

3. Cogumelos - 5 Min/120º/Inversa/Vel. Colher

4. Natas + Café + Pimenta - 3 Min/90º/Inversa/Vel. Colher

5. Guarnecer com o cebolinho e servir com arroz branco, por exemplo.









segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Introdução dos Sólidos no Bebé - 9 Meses


Bom dia!!!

À semelhança do que tenho estado a fazer para os outros meses, hoje trago as orientações dadas pela pediatra do meu filho na consulta dos 9 meses sobre a alimentação dele.

Bem, a partir dos 9 meses já se podem começar a introduzir as carnes vermelhas (vitela, porco, borrego). Contudo, na minha opinião sincera, acho que esta introdução deve ser mais tarde. Pois, este tipo de carne não deve ser a primeira escolha para quem quer praticar uma alimentação saudável. Por isso, ainda não iniciei as carnes vermelhas. Deixo para mais tarde. Mas é uma opção pessoal.

Quanto à sopa devemos começar a deixar pedacinhos maiores para incentivar a mastigação. Numa próxima mensagem irei explicar como confecciono na bimby a sopa com pedacinhos. Também, e após se verificar uma boa adaptação à mastigação, deve-se começar a oferecer o segundo prato com pedacinhos muito pequeninos.

Relativamente à fruta, pode-se introduzir papaia, melão, manga, mamão, pera-abacate, abacate e laranja. Pois, laranja. Esta, cria diferentes opiniões de pediatra para pediatra, pois muitos recomendam só após os 12 meses. Ainda não experimentei dar ao meu filho.

Recomendou ainda para além do descrito, introduzir o miolo do pão em pedaços pequenos, bolacha maria muito de vez enquanto (é preferível o pão como é óbvio) e iogurte natural com leite de transição (oferecer 2 iogurtes na refeição preferencialmente com fruta ou então, bolacha maria). A respeito dos iogurtes, do que tenho lido, o que tem menos açucares presentes na sua constituição são os da marca pingo doce próprios para bebés. É um questão de escolha pessoal.

Ainda não tinha referido nas postagens anteriores, mas desde que se começa a introduzir a alimentação sólida devemos oferecer água fervida regularmente ao bebé. A água deve ser fervida até ao um ano de idade.

Termino a minha mensagem dizendo que se precisarem de algum esclarecimento perguntei que se eu poder, ajudo.




Fonte Internet


domingo, 25 de outubro de 2015

Truque para grelhar Peixe-espada


Bom dia!!!

Hoje trago uma dica para grelhar peixe-espada e este não agarrar à grelha. Desconhecia completamente, por isso partilho. 

Então é assim, um dia estava eu na zona da peixaria para ser atendida, quando ouço (não devia eu sei, mas falavam alto para qualquer pessoa ouvir) um senhor a explicar a outro senhor o truque. O truque consiste em passá-lo primeiro por sêmola de milho antes de o levar à grelha e assim não agarrar. 

Bem, tive de experimentar em casa pois, uma das razões que levava o meu marido a não gostar de grelhar este tipo de peixe era mesmo essa. Experimentamos e aprovamos. Resulta mesmo e fica com uma textura crocante muito boa. Aconselho a experimentarem para verificar a veracidade do comentário. Como se costuma dizer, "estamos sempre a aprender". Acho que vamos passar a consumir mais peixe-espada cá em casa. :)

Bons cozinhados!!! :) 






sábado, 24 de outubro de 2015

Iogurtes de Aveia e Laranja


Hoje trago iogurtes. Desde que tenho a Bimby poupo algum dinheiro em iogurtes. Pois, praticamente, só compro naturais para faze-los em casa.  A receita que trago hoje junta fruta e cereais, nomeadamente, laranja e aveia. A aveia é um cereal muito saudável em termos nutricionais, rico em fibra, prolongando a saciedade por mais tempo. 
O sabor a laranja dá um toque fresco ao iogurte. Muito bom!!! :)

Ingredientes:
- 20 a 30 g de Aveia
- 1000 g de Leite (usei magro)
- Casca de uma Laranja (sem parte branca)
- 60 g de açúcar (usei 30 g de stevia em pó)
- 1 Iogurte natural


Preparação:
1. Aveia - 8 Seg/Vel.9 Reservar

2. Leite +  Casca de Laranja - 10 Min/90º/Vel.1 Deixar arrefecer até aos 50 ºC. Retirar a casca de laranja.

3. Aveia + Açúcar + Iogurte - 5 Min/50º/Vel.3

4. Colocar em frascos previamente esterilizados

5. Levar à iogurteira cerca de 10 horas.











sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Quiches de Legumes sem Massa


Sexta-feira. Que bom. Fim-de-semana a chegar. E, falando em fim-de-semana, no da semana passada fiz umas quiches de legumes sem massa para servir de entrada no almoço de comemoração do aniversário do meu avô. Tanto podem servir de entrada, como de refeição principal servidas com salada. Refeição simples e saudável. São, também, uma óptima opção para levar na marmita para o trabalho. Recomendo.

Bons cozinhados!!!

Ingredientes para 32 Unidades:
- 100 g de Queijo Emmental
- 15 g de Salsa
- 100 g de Queijo Feta cortado em pedaços
- 100 g de Cenoura cortada em pedaços
- 30 g de Espinafres Baby (usei tamanho normal)
- 50 g de Pimento Vermelho
- 150 g de Fiambre (usei fiambre de peru para versão mais saudável)
- 50 g de azeitona preta sem caroço
- 10 Ovos
- 120 g de Leite
- 250 g de Natas
- 1 c. chá de Sal
- 1 pitada de Pimenta
- 1 c. chá de Orégãos
- 130 g de Tomate-cereja cortado em quartos
- 50 g de Milho cozido escorrido


Preparação:
1. Queijo Emmental -5 Seg/Vel.9 Retirar e reservar.

2. Salsa - 2 Seg/Vel.7 Retirar e reservar.

3. Queijo Feta - 1 Seg/Vel.4 Retirar e reservar.

4. Cenoura - 2 Seg/Vel.5 Retirar e reservar.

5. Espinafres - 1 Seg/Vel.5 Retirar e reservar.

6. Pimento - 1 Seg/Vel.5 Retirar e reservar.

7. Fiambre - 1 Seg/Vel.5 Retirar e reservar.

8. Azeitona - 1 Seg/Vel.5 Retirar e reservar.

9. Ovos + Leite + Natas + Sal + Pimenta + Orégãos - 15 Seg/Vel. 5

10. Pré-aquecer o forno a 180º C

11. Distribuir os ingredientes por formas para queques previamente untadas com um pouquinho de azeite (ou formas de silicone) e organizar diferentes combinações.


Exemplos: 

- Espinafres, tomate-cereja e feta 

- Cenoura, milho e pimenta e feta

- Fiambre, salsa, azeitona e queijo

- Fiambre, tomate, azeitona e queijo

- Etc


12. Cobrir com a mistura de ovos, leite e natas e levar ao forno cerca de 40 minutos.

13. Servir mornas ou frias com salada, ou de entrada como eu fiz.
                                         
                                        






quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Conservar Ervas Aromáticas

Bom dia!!!
Gosto de aromatizar a comida com ervas aromáticas. Deve-se reduzir o consumo do sal e optar por dar gosto à comida através destas. É muito mais saudável.
Quando as compro, opto por as conservar no frigorífico, como ilustro na fotografia. Conservam-se por muito mais tempo pois o papel de cozinha absorve a humidade. 
Sigam a dica para conservarem as ervas aromáticas por mais tempo, em vossa casa.

Até à próxima!!!


Procedimento:

1 - Lavar bem as ervas e secar.

2 - Colocar um pouco de papel de cozinha numa caixa hermética, dispor as ervas sobre o papel e fechar a tampa

3 - Guardar no frigorífico e trocar o papel sempre que estiver molhado.


Notas: 

1 - Para maior facilidade em trocar o papel molhado, podem optar por colocar primeiro as ervas na caixa e só depois o papel absorvente. Têm é de ter o cuidado de virar a caixa hermética de "cabeça para baixo".

2 - Podem usar esta dica em todas as folhas verdes, como por exemplo, com a alface.







quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Pataniscas de Polvo


Hoje cá em casa para o jantar saíram umas pataniscas de polvo muito boas. A receita vem da revista Momentos de Partilha deste mês e está destacada como "se fizer só uma receita faça esta". As pataniscas  seriam fritas em óleo quente, mas optei por fritar algumas em óleo e a maior parte na actifry. Assim, ficam com uma versão mais calórica e outra mais light para cuidarem da vossa saúde. Não é uma receita muito elaborada, é de fácil confecção. O que é mais demorado é cozer o polvo que no meu caso, demorou mais tempo do que o indicado na receita. Para acompanhamento aceitei a proposta da revista e servi as pataniscas com arroz de tomate.

Ingredientes para aproximadamente 12 unidades:
- 10 g de Salsa
- 120 g Cebola
- 2 dentes de Alho
- 700 g de Polvo descongelado
- 1 Folha de Louro
- 100 g de Água
- 150 g de Farinha
- 3 Ovos
- 1 c. Chá de Sal
- 1 pitada de Pimenta
- 1 pitada de Noz-moscada
- Óleo q.b. para fritar

Preparação:
1. Salsa + Cebola + Alho - 5 Seg/Vel. 5

    Retirar para o cesto e deixar escorrer

2. Polvo + Louro + Água - 30 Min/100º/Inversa/Vel. 1,5
   
    Retirar o polvo, cortar em pedaços pequenos e reservar a água de cozedura

3. Farinha + Ovos + Sal + Pimenta +  Noz-moscada - 10 Seg/Vel.5

4. Polvo + 50 g de Água de cozedura reservada + Mistura de Cebola - 5 Seg/Vel.3

5. Fritar pequenas porções de massa numa frigideira com óleo quente. Colocar sobre papel absorvente para retirar excesso de óleo. Ou, fritar pequenas porções na actifry durante 10 a 15 minutos, ir vigiando.

6. Servir com arroz de tomate e salada.


Fritas na Actifry



Fritas na Actifry



Fritas na Actifry



Fritas em Óleo



Fritas em Óleo



Apresentação final

Cabo Verde - Ilha da Boa Vista

Bom dia!! 

Hoje é dia de vos trazer mais uma viagem. Cabo Verde. Mais concretamente, Ilha da Boa Vista.

Bem, primeiro de tudo quero dizer que a água da praia não era sempre calminha. Havia dias que era um pouco agitada devido ao vento. Porém, diziam por lá, que na Ilha do Sal era pior. Mas, gostámos muito pois era muito quentinha e tinha aquela cor verde-azul muito gira e sem algas.

Segundo, ficámos no Hotel Iberostar Hotels & Resorts . Apesar dos quartos serem bons houve alguns contratempos, nomeadamente, falta de energia eléctrica e falta de água na rede. Não foi uma nem duas vezes, foram várias o que já se tornava aborrecido. No entanto, no geral o hotel era bom, as piscinas eram óptimas, uma até tinha vista para o mar, muito giro. Só tinha um restaurante. Nada de especial. O normal.

Por fim, e à semelhança do que aconteceu na nossa lua-de-mel, fizemos uma excursão. O meu marido adorou. Eu nem por isso. Conhecer alguns sítios da ilha através de uma moto 4. Para já, não gosto de motos e depois estava super calor. Até sentia a pele a queimar do calor que se fazia sentir, como da própria moto, nas pernas. Horrível. A parte mais gira da viagem foi mesmo andar nas dunas a “assapar”. Aí até gostei. Mas, para quem gosta de motos é óptimo.

Nesta viagem podemos constatar, tal como na República, a pobreza do povo cabo verdiano. Uma coisa é estar no Resort com aquele luxo todo, e outra é ver a realidade daquele país. Até, por exemplo, chegavam a vender papel higiénico junto às casas de banho públicas. É horrível.

Termino dizendo que vale muita a pena visitar. Não são as caraíbas é certo, mas também é um sítio agradável para passar umas férias de descanso, com a vantagem de ser mais próximo geograficamente de Portugal.

Até à próxima!!!



Piscinas do Hotel


Praia do Hotel


Praia do Hotel


Praia do Hotel


Praia do Hotel vista da Piscina


Excursão de Moto 4


Praia visitada na excursão


Praia visitada na excursão


Excursão de Moto 4 nas dunas


Praia visitada na excursão

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Descascar Romãs com a Bimby


Bom dia!!! 

Estamos na época das romãs. Vermelhinhas e docinhas. São óptimas para comer, devido às suas propriedades antioxidantes como também, para guarnecer a comida.

Para quem é apreciador deste tipo de fruto, deixo um link que vos vai ensinar a descascar a romã na bimby. Já sabia que a nossa amiga descascava alhos, que descaroçava as azeitonas mas, não sabia desta sua faceta. Realmente a bimby é multifacetada. Tem imensas potencialidades e devemos de as aproveitar ao máximo. Fica a dica!!!


Descascar Romãs na Bimby


Fonte: Internet

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Boiões de Sopa e Fruta para Bebés


Quando faço sopa para o meu filho, faço em quantidade suficiente para 2-3 dias. Mas, como não iria ter oportunidade de a fazer quando fui de férias, antes de irmos, tive de confeccionar em maior quantidade. E, fiz o mesmo com a fruta, ou seja, cozi fruta caseira em maior quantidade para levar. Normalmente e sempre que posso, opto por lhe dar fruta fresca triturada ou ralada pois em termos nutricionais é muito mais saudável.
A receita que trago hoje tem por base a receita intitulada Boiões da Semana da revista Bimby Momentos de Partilha do mês passado. Espero que gostem e vos seja útil.


Ingredientes para 8-9 doses de sopa e 6 doses de fruta:
- 500 g de Maçã s/ casca aos pedaços
- 500 g de Pera s/ casca aos pedaços
- 100 g de peito de Frango em pedaços
- 100 g de Coelho sem gorduras e partido aos pedaços
- 1 posta de Corvina
- 100 g de Cebola aos pedaços
- 650 g de Curgete aos pedaços
- 250 g de Cenoura aos pedaços
- 100 g de Batata-doce aos pedaços pequenos
- 150 g de Nabiças cortada aos pedaços
- 500 g de Água



Preparação:
1. Maça – 3 seg/vel.5. Colocar sobre uma folha de papel vegetal, fechar em papelote e colocar no tabuleiro da Varoma.

2. Pera – fazer o mesmo procedimento que a maça

3. Colocar o frango, o coelho e a corvina separadamente em 3 quadrados de papel vegetal. Fechar bem em papelotes, em forma de embrulho e colocar na Varoma

4. Cebola + Curgete + Cenoura + Batata-doce + Nabiças + Água + Varoma com os papelotes – 30 Min/Varoma/Vel.1 . Retirar a Varoma e reservar;


5. Triturar 1 Min/Vel. 3-5-7 progressivamente. Retirar e reservar.

6. Colocar 550 g de sopa reservada + frango – 30 seg/vel.7. Retirar para frascos esterilizados.

7. Copo limpo – 550 g de sopa reservada + coelho desossado – 30 seg/vel.7. Retirar para frascos esterilizados

8. Copo limpo – restante sopa + corvina sem peles e sem espinhas – 30 seg/vel.7. Guardar em frascos esterilizados.

9. Copo limpo – maça – 1 min/vel. 7. Retirar para frascos esterilizados

10. Copo limpo – pera – 1 min/vel. 7. Retirar para frascos esterilizados.


Notas:

1 – Acrescento o azeite à sopa no prato de servir. Se optarem por colocar quando estão a confeccionar a sopa, coloquem 10 g de azeite em cada porção de 550 g de sopa. Ou seja, nos pontos 6, 7 e 8.



2 – Podem fazer diferentes combinações de legumes, carne e peixe de acordo com as recomendações do pediatra do vosso filho

3 - Podem congelar em doses individuais e usarem sempre que precisarem. Basta para isso, deixarem descongelar de um dia para o outro no frigorífico.












domingo, 18 de outubro de 2015

Lombo de Porco com Ameixas

Fim-de-semana chuvoso. Tempo ideal para ficar em casa a desfrutar do aconchego familiar. E, este tempo pede refeições de forno. Foi o que aconteceu cá por casa. Gostamos muito do sabor agridoce na comida. Tinha lombo para rechear, juntei umas ameixas secas embebidas em vinho do porto e serviu-se um almoço do nosso agrado. Adorámos. Um pratinho mais elaborado que nos encheu as medidas.

Bom Apetite!!!

Ingredientes para o Lombo:
- 120 g de Ameixas secas, s/ caroço
- 200 g Vinho do Porto
- 3 Dentes de Alho
- 2 c. chá de Sal
- 1/2 c. de chá de Colorau
- 100 g de Vinho Branco
- 5 g de Salsa
- Pimenta q.b.
- 1100 g de Lombo de Porco aberto tipo manta para rechear
- 1 Folha de Louro
- 1000 g de Água

Ingredientes para o Molho:
- 100 g de Crème Fraiche
- 1 c. chá de Sumo de Limão
- 1 c chá de Mostarda


Preparação do Lombo:
1. Colocar as ameixas num recipiente e regar com o vinho do porto e deixar macerar algumas horas

2. Alho + Salsa + Colorau + Vinho Branco +  Salsa + Pimenta - 3 Seg/Vel.7

3. Num recipiente colocar o lombo aberto e a folha de louro, regar com a marinada e deixar marinar cerca de 12 h no frigorífico

4. Colocar o lombo aberto sobre uma superfície, rechear 2/3 com ameixas escorridas, reservando o vinho e enrolar. Fechar bem com um fio de cozinha.

5. Colocar o lombo num saco próprio para cozinhar juntamente com a marinada e fechar. Colocar na Varoma tendo o cuidado de não tapar os orifícios.

6. Água + Varoma - 60 Min/Varoma/Vel.2

7. Pré-aquecer o forno a 200º

8. Retirar com cuidado o lombo do saco e colocar num tabuleiro. Regar com metade do molho da cozedura e levar ao forno cerca de 30 minutos.


Preparação do Molho:

1. Copo Limpo - Vinho reservado + Restante molho de cozedura + Crème Fraiche + Sumo de Limão + Mostarda - 5 Min/Varoma/Vel.1 (TM 5: 120º C)

2. Depois 10 Seg/Vel.4 

3. Servir o lombo com o molho.